ZUMBIS – Mundo dos Mortos

Quem gosta de zumbis sabe que não é muito fácil achar um bom material de leitura sobre o tema. Afinal, não basta só falar que os mortos estão caminhando pelas ruas e devorando as pessoas.Histórias de Zumbis tem que ser mais que isso e boas histórias de Z’s não falam necessariamente deles, mas de como nós, humanos ainda não infectados, reagimos diante dessa situação. Como nós, as “vítimas”, podemos nos tornar tão perigosos quanto as criaturas que tanto tememos.

Foi procurando mais material de leitura sobre Z’s que me deparei com a HQ ‘ZUMBIS – Mundo dos Mortos’, da Gal Editora, que na verdade é uma coletânea de obras muito interessantes de autores estrangeiros e nacionais. Essa junção de diversos pontos de vista e histórias diversificadas resultou em uma HQ de Z’s para todos os tipos de paladares, sejam eles aguçados ou não. O que mais gostei foi a iniciativa da Gal Editora em acrescentar algumas histórias de artistas/roteristas nacionais, principalmente porque sabemos o quão baixo é o incentivo à cultura nacional. Bem, deixando um pouco de lado esses problemas socioculturais, vamos voltar a falar da obra em si.

Dos autores estrangeiros, apesar de serem considerados os mais aclamados nomes dos quadrinhos ingleses, alguns foram de certa forma uma novidade para mim, assim como os autores nacionais. Dentre os mais conhecidos, podemos destacar Dave West e Marleen Lowe (O que aconteceu ao Homem mais Rápido do Mundo?), Leah Moore e John Reppion (Doctor Who, Sherlok Holmes), David Hitchcock (madame Samurai), Kieron Gillen (Thor, X-Men), Andy Bloor (The Wolfmen), Colin Mathieson (Zulu) etc.

Como fica muito abstrato falar de cada história em si, fiz uma lista das que mais  se destacaram na minha opinião. Os critérios dessa lista são altamente subjetivos e não quero dizer com isso que as outras histórias não sejam boas ou não me surpreenderam de certa forma. Enfim, vamos aos destaques:

A maldição dos Mortos-Vivos;

Pária;

Morte em vida;

Zumbie Talk;

Casa dos Mortos;

O Truque do Mestre do Picadeiro;

Perfume de Coentro;

Zumbis;

As ‘Entrevistas com Zumbis’ também são interessantes, apesar de ter gostado mais da entrevista com o Wynn Jamalandin por ser bem divertida e da com o David Baillie por ser bem ácida.

Dentre as histórias que relacionei, destaco ‘A Maldição dos Mortos-Vivos’ que achei particularmente interessante e cujo roteiro é da Leah Moore, o que comprova que o dom do Alan Moore é hereditário, porque ela conseguiu fazer algo intrigante ali. Outra que mexeu bastante comigo foi a última, ‘Zumbis’, a história começa um tanto inofensiva, ganha uma proporção colossal tem um final arrebatador. Simplesmente adorei. ‘Zumbis – Mundo dos Mortos’ foi uma coletânea que me surpreendeu positivamente e é algo que recomendo a todos.

Anúncios

Tags:, ,

About Tica

Feminista e membra da União de Mulheres de São Paulo, onde é coordenadora adjunta do Curso de Promotoras Legais Populares, projeto voltado para a educação popular e feminista em direitos. É Viciada em Lego, apaixonada por ficção científica, apocalipse zumbi e possui sérios problemas em procrastinar vendo gif's e não lembrar o nome das pessoas. No mundo real é advogada empresarial e artesã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Ensaios de Gênero

Um espaço para se ensaiar política, educação, feminismo e coisas do gênero...

Feminismo Ráiot

música + feminismo + faça você mesma

Joanah Dark

Performance, Fotografia e Feminismo.

Café Feminista

Por Cely Couto

FeminismUrbana

Textos, artigos, imagens, quadrinhos, opiniões. A idéia é juntar quem está pensando as cidades na perspectiva feminista, no Brasil e na América Latina.

feminismosemdemagogiaOriginal

Blog da página Feminismo Sem Demagogia - Original

Alemão com Frau Santana

A Alemanha bem perto de você.

O Fim da Eternidade

(Isaac Asimov)

Colunas Tortas

mais que uma opinião

Marcha Mundial das Mulheres

Feminismo 2.0 até que todas sejamos livres!

Blogueiras Negras

"Quem não quer raciocinar é um fanático;quem não sabe raciocinar é um tolo; quem não ousa raciocinar é um escravo"

Quem o Machismo matou hoje?

No Brasil, quatro mulheres são assassinadas todos os dias vítimas da violência doméstica. Você sabe quem elas são?

%d blogueiros gostam disto: